Senador eleito Sergio Moro (Paraná) e Governadores Rodrigo Garcia (São Paulo) Zema (Minas) e Castro (Rio de Janeiro) anunciam apoio a Bolsonaro; Lula conta com Cidadania e PDT.

Dois dias após o primeiro turno das eleições de 2022, partidos e lideranças estaduais avançam nas movimentações políticas e começam a anunciar novas alianças e posicionamentos para a segunda etapa do pleito deste ano.


Logo na manhã desta terça-feira (04), o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), que se reelegeu em primeiro turno, declarou seu apoio à candidatura do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Em seguida foi a vez do governador reeleito do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), ratificar seu apoio ao presidente.

Além dele, o também governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), falou em "apoio incondicional" a Jair Bolsonaro e à candidatura de Tarcísio Gomes de Freitas na corrida ao Palácio dos Bandeirantes.

Outro apoio declarado ao atual presidente foi do ex-ministro Sergio Moro, eleito ao Senado Federal pelo Paraná. Nas redes sociais, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública afirmou que o apoio é "contra o projeto de poder do PT".

Por sua vez, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que vai disputar o segundo turno contra Bolsonaro, recebeu apoio de dois partidos: Cidadania e o PDT (Partido Democrático Trabalhista).

Em vídeo, Ciro Gomes disse que vai "acompanhar o partido", mas não citou Lula. O ex-ministro, que elevou o tom contra o petista durante a campanha, também falou em opções insatisfatórias para o segundo turno e antecipou que não vai aceitar qualquer cargo em um governo futuro.

RN registra 18% de abstenção no 1º turno; 463.569 eleitores optaram por não comparecer. Número é maior do que o registrado em 2018.

O Rio Grande do Norte registrou um percentual de 18,18% de abstenções na eleição para o cargo de governador na eleição deste ano. No total, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral do RN (TRE-RN), 463.569 eleitores que estavam aptos a participar do pleito optaram por não comparecer e escolher um candidato para o governo.


O número é superior ao registrado também no primeiro turno da eleição geral de 2018. Naquele ano, 17,12% do eleitorado apto a votar nas eleições majoritárias estaduais, um total de 406.098 pessoas, se absteve.

Neste ano, o percentual foi menor que o registrado no país, que computou uma taxa superior a 20,9% de abstenções (mais de 32,7 milhões de eleitores).

No estado, o percentual de votos brancos atingiu a marca de 4,59% no cargo de governador. É maior do que os 4,38% computados pela Justiça Eleitoral no primeiro turno de 2018. Quanto aos votos nulos, o movimento foi inverso, havendo redução neste ano. Se em 2018 13,21% dos eleitores optaram por não escolher nenhum candidato no primeiro turno, em 2022 o percentual caiu para 7,76%.

As pessoas que se ausentaram no primeiro turno podem ir normalmente no segundo porque, de acordo com a Justiça Eleitoral, cada turno de votação é considerado uma eleição independente. Já quem não compareceu ao local de votação neste domingo (02) precisa ficar atento para justificar a ausência, no máximo, até 60 dias depois.

Votação de Gilton Sampaio para deputado estadual surpreende em Pau dos Ferros; petista ficou na terceira colocação com 1.418 votos no município.

O candidato a deputado estadual Gilton Sampaio (PT) viu sua campanha crescer de forma acentuada na última semana em Pau dos Ferros, mas acho que nem ele esperava ficar na terceira colocação no município.

Gilton Sampaio "arregaçou as mangas" e conseguiu amealhar 1.418 votos (9,12%), surpreendendo muita gente na principal cidade do Alto Oeste Potiguar.

Diante desta expressiva votação, é claro que o Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) deverá olhar com mais atenção para o potencial eleitoral de "Giltinho" visando as eleições de 2024.

Gilton Sampaio é natural de Encanto e vive em Pau dos Ferros desde os 2 anos de idade. Filho de Pai agricultor e mãe professora, Gilton cresceu no meio rural, onde conciliava os estudos com a profissão de leiteiro, que exerceu até a juventude, quando já estava cursando a faculdade de Letras na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Enquanto universitário, participou ativamente das lutas do movimento estudantil.

Com especialização, mestrado e doutorado, Gilton Sampaio é professor da UERN e protagonista de muitas lutas no campo da educação na região Oeste, como a ampliação de cursos na UERN, e a implantação do IFRN e da UFERSA em Pau dos Ferros. 

Com vasta produção científica e uma sólida carreira acadêmica, Gilton também se destaca profissionalmente pela sua atuação como gestor público, tendo sido diretor do campus da UERN em Pau dos Ferros e Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do RN (FAPERN).

Fátima Bezerra só perdeu em 9 cidades do RN; maior vitória da Governadora reeleita foi em Doutor Severiano, no Alto Oeste.

A governadora reeleita Fátima Bezerra (PT) foi a mais votada em 158 das 167 cidades potiguares no último domingo (02). 

Segundo dados da Justiça Eleitoral, a petista, que conquistou o novo mandato em 1º turno com 58,31% dos votos (1.066.496 votos), só ficou atrás na votação em 9 cidades, sendo que em todas elas o mais votado foi Fábio Dantas (Solidariedade).

A maior vitória de Fátima Bezerra foi em Doutor Severiano, no Alto Oeste, onde ela obteve 88,19% dos votos válidos, equivalente a 3.929 votos. Fábio Dantas ficou em 2º lugar no município, com 256 votos (5,75%), e Capitão Styvenson (Podemos) terminou em 3º, com 200 votos (4,49%).

O Alto Oeste também foi foi a região que deu as vitórias mais elásticas a Fátima Bezerra. Em 13 cidades da região, ela teve mais de 80% dos votos válidos - Doutor Severiano, São Francisco do Oeste, Martins, Lucrécia, Frutuoso Gomes, Antônio Martins, Pilões, Paraná, Major Sales, José da Penha, Luís Gomes, Riacho de Santana e Coronel João Pessoa.

Já Fábio Dantas, do Solidariedade, foi o mais votado em São José do Mipibu, Senador Georgino Avelino, Passa e Fica, Monte das Gameleiras, São Tomé, São Paulo do Potengi, Galinhos, Itajá e Riacho da Cruz. A vitória mais elástica foi em Monte das Gameleiras, onde ele obteve 1.197 votos, o equivalente a 57,8%.

Em Apodi, eleição de Neilton Diógenes para deputado estadual, com votação altíssima no município, já mexe com os bastidores das eleições de 2024.


Não restam dúvidas quanto ao fato de que a eleição do atual vice-prefeito de Apodi, Neilton Diógenes (PL), para ocupar uma das 24 cadeiras na Assembleia Legislativa ratificou sua ascensão política no município e, consequentemente, já começou a agitar os bastidores da sucessão do prefeito Allan Silveira (MDB) em 2024.


Sem a ajuda do prefeito Allan, Neilton Diógenes foi o can­di­da­to a de­pu­ta­do esta­dual mais bem vo­ta­do em Apodi, com uma ex­pres­si­va vo­ta­ção que atin­giu os 9.466 votos (41,39%), empalmando uma diferença de 6.759 em relação ao segundo colocado, que foi apoiado pelo gestor municipal.

Diante dos números altíssimos obtidos na base da "garra", além da livre e espontânea vontade da população, dizem que Neilton já estaria pensando em alguns nomes que possam ser apoiados por ele nas eleições municipais, pelo grupo oposicionista.

Alguém duvida que em 2024 o pleito eleitoral em Apodi vai "pegar fogo"?

Governador reeleito de Minas Gerais declara apoio à reeleição de Bolsonaro. Estado é o 2º maior colégio eleitoral do país e, historicamente, reflete o resultado nacional da eleição.

O governador reeleito de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), declarou nesta terça-feira (04) apoio formal à candidatura de Jair Bolsonaro (PL), que enfrentará Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa do segundo turno pela Presidência.


Romeu Zema esteve em Brasília com o atual presidente e disse acreditar mais em suas propostas do que nas de Lula.

O governador de Minas Gerais foi reeleito em primeiro turno no último domingo (02), recebendo 56,18% dos votos válidos. Alexandre Kalil (PSD), apoiado por Lula, ficou com 35,08%, na segunda posição.

No estado de Minas Gerais, o duelo teve números muito parecidos aos do pleito nacional: Lula ganhou com 48,29% dos votos entre os mineiros, e Bolsonaro teve 43,60%.

Minas é o segundo maior colégio eleitoral do país e Estado onde todos os presidentes eleitos venceram desde a redemocratização, o que deve fazer com que se torne um dos palcos centrais da campanha neste segundo turno.

Ainda nesta terça, Bolsonaro deve receber o governador reeleito do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), em Brasília, e à tarde viajar a São Paulo para participar de eventos com evangélicos.

Em Rafael Fernandes, Prefeito Bruno Anastácio garante votação altíssima e histórica para seus candidatos; oposicionistas passaram por mais um "vexame" nas urnas do município.


Parece até que já virou "freguesia", mas é fato que desde que o prefeito Bruno Anastácio assumiu o comando administrativo de Rafael Fernandes, o grupo oposicionista à sua gestão só tem conhecido a palavra fracasso após a abertura urnas, a cada eleição.


No último domingo (02), mais uma vez os oposicionistas passaram vexame ao visualizarem todos os candidatos apoiados por Bruno Anastácio receberem votações altíssimas e, comparando com as eleições estaduais de 2018, podemos dizer que o "massacre" foi histórico, graças a soberania da vontade popular.

Evidentemente que os números favoráveis aos candidatos apoiados pelo grupo situacionista estão intrinsecamente ligados ao bom desempenho administrativo do prefeito Bruno Anastácio que, mesmo já tendo sido reeleito, não relaxou administrativamente; pelo contrário, até ficou mais inquieto no sentido de buscar recursos junto aos seus parceiros administrativos para Rafael Fernandes e, consequentemente, justificando seu esforço realizando diversas ações sociais e benfeitorias no município.

Apesar de ser duramente criticado pelos seus opositores, outra qualidade pessoal de Bruno Anastácio é manter um discurso sem radicalização, adotando um perfil de inteligência emocional para não perder o foco administrativo.

Ao que parece, o prefeito Bruno não terá dificuldades para eleger o sucessor em 2024. No entanto, este assunto sequer é comentado nos bastidores do seio governista; trata-se apenas de um vislumbre nosso.

Aguardemos, parabéns Bruno!

"Lava Jato" elege suas três estrelas para o Congresso; Sergio Moro, sua esposa Rosângela Moro e Deltan Dallagnol tiveram sucesso em suas empreitadas. Por essa Lula não esperava!

Os principais candidatos que representavam nas urnas a "operação Lava Jato" conseguiram espaços no Congresso em 2023. O ex-juiz da 13ª Vara Federal em Curitiba, Sergio Moro, sua esposa, a advogada Rosângela Moro, e o ex-coordenador da força-tarefa no Ministério Público Deltan Dallagnol terão mandatos na próxima legislatura.


Moro teve o caminho mais tortuoso até conseguir a sua eleição. Após se aliar a Jair Bolsonaro (PL) em 2018, tornar-se ministro da Justiça e sair brigado do governo, ele tentou vários caminhos até encontrar o que garantiu sua vitória. 

O ex-juiz tentou ser candidato a presidente pelo Podemos. Sem conseguir apoio interno, migrou para o União Brasil e buscou uma vaga ao Senado pelo Estado. Porém, como teve sua mudança de domicílio eleitoral negada, acabou precisando concorrer pelo Paraná.

Em seu Estado de origem, enfrentou a difícil decisão de ter que concorrer com seu antigo aliado Alvaro Dias. Depois de aparecer atrás em várias pesquisas, voltou-se novamente ao bolsonarismo em busca dos votos que faltavam, arrancou na reta final e venceu, enquanto o antigo padrinho ficou apenas em terceiro.

Em situação no mínimo curiosa, sua esposa, Rosângela Moro, não teve problemas com o domicílio. Mesmo casados em morando juntos, ela concorreu por São Paulo para deputada federal. E também venceu, totalmente vinculada ao marido em todas as peças. Rosângela foi a 18ª deputada federal mais votada de São Paulo, com 217.170 votos.

Deltan Dallagnol, por sua vez, teve vida bem mais fácil. Tornou-se, pelo Podemos, o deputado federal mais votado do Paraná nesta eleição. Foram 344.917 votos à Câmara Federal. Com isso, venceu uma disputa particular com Gleisi Hoffman, presidente do PT, que teve 216.257 votos. 

Propaganda eleitoral para o 2º turno já está permitida a partir desta segunda-feira (03); horário eleitoral gratuito será veiculado a partir de sexta-feira (07).

A partir desta segunda-feira (03), ou seja, 24 horas após o encerramento da votação em primeiro turno, estão liberadas a propaganda eleitoral por alto-falantes ou amplificadores de som (das 8h às 22h) bem como a distribuição de material gráfico, caminhada, carreata ou passeata, acompanhada ou não por carro de som ou mini trio elétrico. Também estão liberados os comícios e a propaganda na internet.

Já o horário eleitoral gratuito nas emissoras de rádio e televisão terá início a partir de sexta-feira (07). No segundo turno, o tempo de propaganda é dividido igualmente entre os candidatos.

Conforme prevê a Resolução TSE nº 23.610/2019, a propaganda para presidente da República será veiculada na televisão de segunda à sábado das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. No rádio, a propaganda para presidente vai ao ar de 7h às 7h10 e de 12h às 12h10.

De acordo com o artigo 62, o candidato que obteve maior votação no primeiro turno será o primeiro a se apresentar, seguindo a alternância da ordem a cada programa ou inserção.

Nos 12 estados em que a disputa para governador será definida no segundo turno, os candidatos poderão veicular propaganda das 7h10 às 7h20 e das 12h10 às 12h20 no rádio. Na televisão, o horário eleitoral para governador será das 13h10 às 13h20  e das 20h40 às 20h50.

Além disso, as emissoras devem reservar, de segunda a domingo, 25 minutos para cada cargo em disputa para veiculação das inserções de 30 e 60 segundos ao longo da programação.

Raimundo Fernandes não foi reeleito, mas manteve hegemonia política em São Miguel. "Surra de Votos" sofrida por Galeno Torquato chegou a quase 3 mil votos de maioria.

O deputado estadual Raimundo Fernandes (PSDB), aliado da governadora reeleita Fátima Bezerra (PT), não conseguiu se reeleger nas eleições deste domingo (02).

Porém, o parlamentar manteve sua hegemonia política em São Miguel, ao derrotar o seu desafeto e colega parlamentar Galeno Torquato (PSDB) com 2.930 votos de maioria (quase três mil).

Raimundo Fernandes obteve 5.199 votos (44,21%) contra 2.261 (19,23%) de Galeno Torquato.

Já vislumbrando as eleições municipais de 2024 na "terra de São Miguel Arcanjo", o antipático Torquato parece que vai demorar mais um tempo para reconquistar a simpatia dos micaelenses.

Bora, Bill!

Rogério Marinho investiu pesado em Pau dos Ferros, mas foi Carlos Eduardo quem venceu no município. Candidato apoiado por Nilton Figueiredo "atropelou" escolhido de Marianna Almeida com 1.368 votos de maioria.

Ainda me debruçando sobre o resultado das urnas em Pau dos Ferros constatamos, também, que a gestora do município frustrou as expectativas do senador eleito, Rogério Marinho, que apesar de ter investido pesado na principal cidade do Alto Oeste do RN, passou por um vexame inesperado com a abertura das urnas.

Com o apoio do ex-prefeito Dr. Nilton Figueiredo, Carlos Eduardo (PDT) obteve 5.497 votos (40,45%) para o Senado. Em segundo lugar, ficou Rogério Marinho (PL), que até agora deve estar pensando sobre o que houve na "terra dos vaqueiros bravios".

Vale ressaltar que Rogério Marinho se esforçou e até conseguiu trazer o presidente da república, Jair Bolsonaro (PL), a Pau dos Ferros, inclusive, todos relembram aquele episódio do cerimonial em que a prefeita Marianna estava vestida de um look preto ou fúnebre horrível. Foi um constrangimento coletivo.

Será que o senador eleito ainda vai olhar para Pau dos Ferros da mesma maneira, mesmo sabendo que foi, praticamente, "atropelado" no "asfalto das urnas" por aqui?

Meus pêsames, Rogério.

Em Pau dos Ferros, Leonardo e Getúlio superaram candidatos a deputado estadual e federal apoiados pela Prefeita Marianna Almeida.


Resultado geral das eleições estaduais de 2022 à parte, em Pau dos Ferros é tradicional utilizar como termômetro para as eleições futuras as votações obtidas pelos candidatos a deputado federal e estadual pelas lideranças locais.

Neste caso, os candidatos a deputado federal (Pio X Fernandes) e estadual (Galeno Torquato), apoiados pela prefeita Marianna Almeida, foram suplantados pelos adversários da gestora, no caso,  Leonardo Rêgo e Getúlio Rêgo.

Para deputado federal os pau-ferrenses digitaram 4.672 vezes o número de Leonardo Rêgo, o que representa 29,69%. Dr. Pio até que tentou, mas não conseguiu ser o mais votado no município. Ele obteve 4.469 sufrágios (28,40%). A maioria de Léo foi de 203 votos, em uma campanha claramente municipalizada pela prefeita Marianna, que andou, correu, pulou, dançou e, talvez, tenha cansado ao ponto de ficar com o "bico calado".

Para deputado estadual, Getúlio Rêgo venceu em Pau dos Ferros o candidato Galeno Torquato com 1.027 votos de diferença. Ambos alcançaram 4.566 (29,36%) e 3.539 (22,76%), respectivamente. 

Ao que parece, analisando os números acima, podemos vislumbrar duas interpretações: 1º - A Prefeita Marianna não está com a aprovação nas alturas, como seus puxa-sacos propagam; 2º - A Chefe do Executivo pau-ferrense é uma péssima transferidora de votos, mesmo com todo poderio econômico da máquina pública.

Só opinei. Não sou infalível e nem dono da verdade (sou filho do dono - Deus).

Assembleia Legislativa do RN tem renovação de mais de um terço dos deputados; Wendel Lagartixa, Divaneide e Neilton Diógenes foram as grandes surpresas do pleito.

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte terá uma renovação de mais de um terço dos deputados estaduais em 2023, após o resultado das eleições deste domingo (02). São nove parlamentares novos, entre os 24 que iniciarão a próxima legislatura.


Embora tenha perdido três cadeiras, o PSDB segue como o partido com maior bancada no estado, com nove deputados eleitos. A legenda ficou dividida politicamente nas eleições de 2022 e não anunciou apoio a nenhum dos candidatos ao governo no estado.

O PL e o PT foram as legendas que conseguiram ampliar a presença no legislativo estadual. O MDB conseguiu voltar à Casa e também conquistou uma vaga. O União Brasil, que não tinha nenhuma, garantiu duas cadeiras.

Mesmo conseguindo aumentar o número de deputados petistas, a governadora reeleita Fátima Bezerra (PT) deverá enfrentar maior oposição no Legislativo.

Deputados estaduais eleitos em 2022:

Wendel Lagartixa (PL) - 88.265 votos
Ezequiel Ferreira (PSDB) - 70.800 votos
Coronel Azevedo (PL) - 62.607 votos
Kleber Rodrigues (PSDB) - 61.074 votos
Adjuto Dias (MDB) - 57.657 votos
Isolda Dantas (PT) - 57.046 votos
Dr. Bernardo Amorim (PSDB) - 52.505 votos
Divaneide (PT) - 52.177 votos
Francisco do PT (PT) - 50.499 votos
George Soares (PV) - 50.037 votos
José Dias (PSDB) - 49.027 votos
Dr. Keginaldo Jacome (PSDB) - 47.809 votos
Gustavo Carvalho (PSDB) - 46.318 votos
Tomba Farias (PSDB) - 42.612 votos
Cristiane Dantas (SD) - 42.035 votos
Nelter Queiroz (PSDB) - 38.602 votos
Galeno Torquato (PSDB) - 37.274 votos
Eudiane Macedo (PV) - 36.027 votos
Luiz Eduardo (SD) - 31.871 votos
Terezinha Maia (PL) - 29.440 votos
Hermano Morais (PV) - 28.948 votos
Ivanilson Oliveira (União) - 27.426 votos
Taveira Jr (União) - 26.714 votos
Neilton (PL) - 25.143 votos

Garibaldi Filho, Beto Rosado, Carla Dickson, Kelps Lima e Major Brilhante foram surpreendidos com derrota para deputado federal. Partido de Bolsonaro elegeu 4 nomes à Câmara Federal.

Na relação dos políticos que mais surpreenderam pela derrota, estão : Garibaldi Alves Filho (MDB), Beto Rosado (PP), Carla Dickson (UB) e Kelps Lima (SDD).

Vale mencionar também Thabata Pimenta e Henrique Eduardo Alves, do PSB; e Major Brilhante (PP), que era apontado como favorito na disputa.

O partido do presidente Jair Bolsonaro, o PL, foi o que mais elegeu nomes à Câmara dos Deputados.

União Brasil e PT também conquistaram dois parlamentares cada.

Confira a lista completa dos eleitos:

Natália Bonavides (PT) - 8,43% (157.483 votos)
João Maia (PL) - 5,57% (104.042 votos)
Benes Leocádio (União) - 5,39% (100.620 votos)
Robinson Faria (PL) - 5,21% (97.269 votos)
Mineiro (PT) - 4,47% (83.442 votos)
Paulinho Freire (União) - 4,17% (77.886 votos)
General Girão (PL) - 4,10% (76.688 votos)
Sargento Gonçalves (PL) - 3,01% (56.295 votos)

Ex-ministro de Bolsonaro, Rogério Marinho, é eleito Senador pelo Rio Grande do Norte. Nem a Governadora conseguiu ajudar Carlos Eduardo. Rafael Motta não passou vergonha.

O ex-ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (PL), foi eleito para o Senado Federal, neste domingo (02), com mais de 708 mil votos, o que corresponde a 41,85%.

Durante a campanha, Rogério Marinho foi bastante prestigiado pelo presidente Bolsonaro (PL), que veio várias vezes ao Rio Grande do Norte oferecer suporte ao nome do senador eleito; isto é um fato inegável.

O segundo colocado, Carlos Eduardo Alves (PDT), que teve 565.181 votos (33,40%), mesmo com o esforço da governadora Fátima Bezerra (PT) não conseguiu eleger o ex-prefeito de Natal.

Quanto ao terceiro colocado, Rafael Motta (PSB), podemos dizer que ele não passou vergonha; pelo contrário, até se saiu muito bem com uma candidatura independente e focada na juventude. Ele alcançou 385.153 votos (22,76%) do votos do eleitorado potiguar.

Talvez, quem sabe, se Fátima tivesse apostado no nome de Rafael, que apoiou tanto a governadora quanto o ex-presidente Lula, desde o início da campanha, o resultado tivesse sido outro.

O erro estratégico custou a eleição do "Senador de Bolsonaro".

Sem surpresas, Fátima Bezerra é reeleita Governadora do Rio Grande do Norte. Fábio Dantas perdeu de forma honrosa; população rejeitou comportamento esnobe de Styvenson Valentim.

Na disputa para o Governo do Estado aconteceu o esperado. Fátima Bezerra foi reeleita para o cargo em primeiro turno. Com 97,97% das urnas apuradas, Fátima recebeu 1.066.314 votos, que representa 58,31%.

Em segundo lugar ficou o candidato Fábio Dantas (solidariedade) com 406.385 votos, ou seja, 22,22%. Na minha opinião, sem querer utilizá-la para "consolo", até que o desempenho dele foi satisfatório e até honroso.

Feio mesmo foi o comportamento esnobe de Styenson Valletim, que passou a campanha inteira demonstrando seu lado "narcisista", sob a égide de estar praticando uma nova forma de fazer política. Resultado? Amargou o terceiro lugar 307.308 votos, 16,80%.

Clorisa Linhares (PMB) 39.008 votos, que significa 2,13%. Os demais candidatos tiveram menos de 1% dos votos do eleitores norte-rio-grandenses.

Foi uma das campanha mais fáceis para o Governo do Estado dos últimos anos.

Parabéns governadora! Não votei em você, mas sua vitória merece ser reconhecida.

Bolsonaro venceu em 12 estados e no Distrito Federal; Lula venceu em 14. Presidente mostrou resiliência, desmoralizou pesquisas e ganhou fôlego para 2º turno acirradíssimo!


Apesar dos principais institutos de pesquisas do Brasil, principalmente os que foram divulgados pela Rede Globo, praticamente, garantirem que a disputa presidencial terminaria neste domingo (02), o resultado das urnas demonstrou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) obteve resiliência eleitoral para prolongar sua tentativa de reeleição em uma "nova campanha", que oficialmente denominamos de 2º turno.

É verdade; os bolsonaristas ganharam fôlego, mesmo com o resultado numérico adverso (Lula 48,83% - Bolsonaro 43,20%). No entanto, o presidente venceu em 12 estados e no Distrito Federal. O ex-presidente venceu em 14, sobretudo nos que fazem parte do Nordeste.

É fato que a disputa indo para o 2º turno frustrou os apoiadores mais próximos a Lula, que terá de reanimar a militância. Já Bolsonaro deverá partir pra cima dos institutos de pesquisa fraudulentos, da imprensa esquerdista e, certamente, investirá todas as suas forças e recursos para vencer.

Podem esperar, este 2º turno vai ser acirradíssimo!

A decisão por um 2º turno neste domingo frustrou o grupo mais próximo a Lula. Coube ao ex-presidente animar seus companheiros. ...

Leia mais no texto original: (https://www.poder360.com.br/analise/bolsonaro-ganha-folego-e-lula-fica-pressionado/)
© 2022 Todos os direitos são reservados ao Poder360, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.
A decisão por um 2º turno neste domingo frustrou o grupo mais próximo a Lula. Coube ao ex-presidente animar seus companheiros. ...

Leia mais no texto original: (https://www.poder360.com.br/analise/bolsonaro-ganha-folego-e-lula-fica-pressionado/)
© 2022 Todos os direitos são reservados ao Poder360, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.
A decisão por um 2º turno neste domingo frustrou o grupo mais próximo a Lula. Coube ao ex-presidente animar seus companheiros. ...

Leia mais no texto original: (https://www.poder360.com.br/analise/bolsonaro-ganha-folego-e-lula-fica-pressionado/)
© 2022 Todos os direitos são reservados ao Poder360, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Da Capital ao Alto Oeste, Deputado Getúlio Rêgo afirma que destinou mais R$ 6,3 milhões em emendas para todo RN.

 
O cuidado permanente com a saúde dos mais humildes do RN faz parte da identidade do médico Getúlio Rêgo (PSDB), na Casa Legislativa. Aquisição de ambulâncias, medicamentos e material médico-hospitalar para municípios de todo o Estado estiveram entre os principais incentivos financeiros buscados pelo deputado estadual, nos últimos anos.

Além da saúde, a busca por melhorias na infraestrutura e educação também foram elencados por Getúlio, como principais ações. De 2016 a 2022, emendas de sua autoria, em benefício de todo o RN, totalizaram o aporte de mais de R$6,3 milhões, do Orçamento Geral do Estado.

Dentre as conquistas na capital potiguar, nesse período, destaque para a aquisição, no valor de R$100 mil, de unidade móvel equipada com mamógrafo para o Grupo Reviver Natal, que orienta e atende mulheres, na luta contra o câncer de mama, além da aquisição de medicamentos e exames complementares para o Hospital Infantil Varela Santiago, no valor de R$50 mil.

A saúde da população de Pau dos Ferros também recebeu a atenção do médico, que destinou, por meio de emenda de sua autoria, R$450 mil reais, para a reforma do Hospital Cleodon Carlos de Andrade, em 2016. Além disso, diversos municípios do Estado, como Afonso Bezerra, Portalegre, Rafael Fernandes, Severiano Melo, Viçosa e Caraúbas também foram contemplados com ações de atenção à saúde, de iniciativa do parlamentar.

Desde o início da campanha, financiada, integralmente, sem nenhum recurso do Fundo Partidário, Getúlio aparece entre os primeiros mais lembrados, nas pesquisas de opinião. O Levantamento TN/Difusora/Consult, divulgado nesta sexta (30), também classificou o candidato entre os primeiros mais citados. O médico foi o 2º mais lembrado para a Assembleia Legislativa, na Pesquisa Seta/Band, divulgada segunda (26), e se apresentou entre os seis primeiros, na Pesquisa TN/Difusora/Consult, divulgada, também, no início da semana.

Atenção Eleitor: confira a ordem de votação na urna eletrônica!

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), saber a ordem em que os votos serão registrados na urna eletrônica é importante para evitar confusões ou mesmo a anulação do voto por parte do cidadão.


A resolução que dispõe sobre os atos gerais das eleições de 2022 estabelece que a votação deve obedecer à seguinte ordem: deputado federal; deputado estadual (ou distrital, no caso do DF); senador; governador; e presidente da República.

A ordem, segundo a Corte, não pode ser alterada. Isso significa que, para votar em um candidato a presidente, por exemplo, é preciso já ter votado em todos os cargos anteriores.

O próprio TSE sugere que o eleitor leve uma lista com os números dos candidatos escolhidos já escritos na ordem em que eles serão digitados na urna.

No pleito deste ano, os eleitores terão tempo extra para conferir o voto na urna eletrônica. De acordo com o TSE, pela primeira vez, o equipamento liberará a confirmação do voto (no botão verde Confirma) após 1 segundo do preenchimento completo dos números dos candidatos para cada cargo.

Leonardo Rêgo reforça: "Bancada federal tem que suprir falta de investimento do Estado".

A um dia da eleição, o candidato a deputado federal Leonardo Rêgo (União Brasil) reforçou em seus últimos contatos de campanha os compromissos que defende para o Estado. Dentre eles, destacam-se a duplicação da BR-304, no trecho entre Natal e Mossoró, e obras de infraestrutura com potencial para desenvolver a economia e o turismo regionais, como uma nova estrada para Pipa, uma outra ligando diretamente Martins a Portalegre e a conclusão do Chapadão do Apodi, esta na área de segurança hídrica.


Para Leonardo, são metas necessárias e possíveis de se concretizar, com união da classe política, principalmente com coesão e empenho da bancada federal do Estado. "O Rio Grande do Norte está muito atrasado em relação a Estados vizinhos, e em grande parte isto se deve à falta de articulação da nossa representação política, a partir da que temos no Congresso Nacional. Precisamos deixar as diferenças partidárias totalmente de lado na hora de lutar pelos projetos que são do interesse de todo o Rio Grande do Norte, independentemente de partido A ou B", afirma.

Leonardo é convicto de que os parlamentares potiguares na Câmara dos Deputados e no Senado têm um papel fundamental na conquista de recursos públicos para os projetos reclamados pelo RN. "A bancada federal tem que suprir a falta de capacidade de investimento do Estado, assim como acontece em vizinhos como Paraíba e Ceará. Como deputado federal, pretendo trabalhar incansavelmente nessa direção", compromete-se.

O candidato do União Brasil defende ainda o diálogo permanente com o setor produtivo, incluindo pequenos e grandes empreendedores, para impulsionar projetos voltados à criação de emprego e renda. "Há muitas necessidades em comum entre a população e o setor produtivo. É dever dos representantes políticos se engajar na agenda de desenvolvimento e de promoção das pessoas mais carentes de oportunidades. Vamos contribuir com esses princípios, a partir do mandato que teremos em Brasília, se assim Deus permitir", disse.

Em avaliação da sua campanha, Leonardo Rêgo considera ter feito uma boa divulgação das suas propostas de união política e de incentivo ao desenvolvimento do Estado. "Tenho certeza de que fomos bem-sucedidos em transmitir nossa mensagem. Por onde passei, fui muito bem acolhido e recebi estímulo para seguir em frente, o que demonstra a sintonia das nossas ideias com as necessidades. Tudo isto me deixa muito confiante de que teremos um bom resultado neste domingo", projeta Leonardo.

Segurança: Exército informa ao TRE-RN que ficará de "prontidão" para "qualquer necessidade".

A discussão sobre o fato do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) não ter solicitado a presença das Forças Armadas nas eleições deste ano no Rio Grande do Norte tomaram conta de alguns debates sobe a segurança no dia da votação, sobretudo, depois do atentado sofrido pelos ex-PM Wendel Lagartixa e o Sargento Gonçalves. Contudo, o Exército já informou ao TRE que estará em "prontidão" para "o que for necessário".


"Nós teremos frações de prontidão no quartel e outros homens de sobreaviso para atender qualquer necessidade. Prontos para servir como já fizemos em eleições anteriores. Embora, também tenhamos ficado satisfeitos em saber que a Secretaria de Segurança Pública vai ter agentes suficientes para prestar esse serviço", disse o comandante da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada, general de Brigada Carlos José Rocha Lima.

A declaração foi dada em reunião com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), desembargador Cornélio Alves, acompanhado do vice-presidente e Corregedor Regional Eleitoral do TRE-RN, desembargador Expedito Ferreira, além de outros representantes da Justiça Eleitoral, visitaram na manhã desta quinta-feira (29).

Às vésperas da eleição, o General de Brigada Carlos José Rocha Lima, declarou que embora o Estado do Rio Grande do Norte não tenha solicitado apoio das Forças Armadas, as tropas no RN e em Estados vizinhos estarão de prontidão para agir caso sejam solicitadas.

Polícia Rodoviária Federal prende no RN casal com mais de R$ 8.000 em espécie, vasto material de campanha e lista de quem receberia o dinheiro; santinhos apreendidos são de Samanda Alves (PT) e Isaac da Casca (MDB).


A Polícia Rodoviária Federal realizou, na noite desta sexta-feira (30), uma abordagem no km 208 da BR-304, município de Caiçara do Rio do Vento, em que foi constatado crime eleitoral.

Junto a um casal foi encontrado a quantia de R$ 8.615,00 em espécie e vasto material de campanha, como dezenas de milhares de santinhos e adesivos, além de listas e anotações de quem iria receber o dinheiro.

Os candidatos no material apreendido são Samanda Alves (PT), candidata a deputada federal, e Isaac da Casca (MDB), candidato a deputado estadual.

O suposto crime eleitoral deverá ser apurado e, consequentemente, elucidado. 

Aguardemos...

Campanha de Dr. Pio já pagou R$ 84 mil reais ao Instituto ITEM nesta eleição. "Grupo Cidadão 190" divulgou pesquisa da mesma empresa nesta sexta-feira em Pau dos Ferros. Contratante já sabia da "parceria" entre candidato e o Instituto?

Informar ao eleitor com credibilidade faz-se necessário, independentemente se o nosso dever de ofício possa gerar controvérsias entre alguns: o importante sempre será estar ao lado da verdade dos fatos; principalmente se for para desmistificar algumas "piruetas midiáticas" que acontecem, em alguns casos, às vésperas de quase todas as eleições.

Feita a nossa introdução, passo a chamar a atenção para o eleitor da cidade de Pau dos Ferros sobre um fato curioso que identifiquei no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ao acessar ferramenta DivulgaCand, onde constam todas as informações dos candidatos, desde o cargo de presidente da república a deputado estadual.

Pois bem. Verificando minuciosamente as respectivas despesas dos candidatos em suas prestações de contas enviadas ao TSE, fiquei espantado com o valor pago pela campanha do candidato a deputado federal, Pio X Fernandes (MDB), ao Instituto de Pesquisas ITEM, que já recebeu da campanha milionária do ex-prefeito de Luís Gomes o montante de R$ 84.000,00 (Oitenta e Quatro Mil Reais); despesa que não classifico como ilegal, mas, notadamente, revela uma "parceria financeira" entre o Instituto de Pesquisas Eleitorais e o candidato. Esta assertiva todos podem constatar pesquisando no DivulgaCand, do TSE. Fato!

Coincidentemente, nesta sexta-feira (30), o "Grupo Cidadão 190" divulgou no instagram os números de uma pesquisa realizada em Pau dos Ferros pelo mesmo Instituto ITEM, cujos proprietários tem motivos de sobra para, no mínimo, serem gratos a Dr. Pio X Fernandes por investir tanto dinheiro nesta empresa que, claro, não dispensaria um bom contrato para realizar sondagens; ainda mais por quase 100 mil reais (84.000,000 - especificamente).

Minha dúvida é se o responsável pelo "Grupo Cidadão 190" já sabia desta proximidade comercial entre a campanha de Dr. Pio e o Instituto ITEM. Particularmente, acredito que não, caso contrário, talvez, quem sabe, a empresa contratada seria outra pelo proprietário do "Grupo Cidadão 190" (pessoa excelente)... até para evitar suspeições, mesmo que sem provas contundentes de "marmelada".

Quantos aos números divulgados, não questiono a veracidade. Afinal, pesquisa eleitoral é uma "fotografia do momento", que pode mostrar uma tendência variável ou circunstancial. Certeza mesmo, só com a abertura das urnas.

No mais, parabéns ao "Grupo Cidadão 190" pela cobertura destas eleições de 2022. Todo trabalho profissional deve ser respeitado, assim como, seus trabalhadores. Um abraço, amigos!

Ministério Público Eleitoral torna público em Portal pedido de cassação do registro da candidatura de Raimundo Fernandes; parlamentar teria participado da inauguração de um parque de exposições, ilegalmente, em meio à campanha.

O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) ajuizou uma representação pedindo a cassação do registro de candidatura do deputado estadual Raimundo Fernandes (PSDB), que concorre à reeleição. O motivo foi a participação ativa do parlamentar na inauguração de uma obra pública (um parque de exposições em Nova Cruz), no último dia 11, menos de um mês antes da eleição. 
 
De acordo com a legislação eleitoral, é proibido a qualquer candidato comparecer a inaugurações de obras públicas nos três meses que precedem o pleito e o desrespeito à regra "sujeita o infrator à cassação do registro ou do diploma".

Segundo o que foi divulgado no próprio Portal do Ministério Público Eleitoral, nesta sexta-feira (30), a inauguração do Parque de Exposições Geraldo Xavier de Souza (Geraldo da Grota) e do Espaço de Leilões Arlindo da Grota, o candidato participou do descerramento da placa e do corte da faixa. 
 

"Ao participar e beneficiar-se politicamente e eleitoralmente da inauguração do evento, o representado violou expressamente o comando disposto no art. 77 da Lei das Eleições (…), sendo manifesto na espécie o dolo do representado, haja vista que já ostenta a condição de deputado estadual por vários mandatos (…), impondo-se, desse modo, a sua condenação, com a cassação do registro ou do diploma", aponta o autor da representação, o procurador eleitoral auxiliar Ronaldo Sérgio Chaves Fernandes.

Além de um vídeo e de fotos comprovando a irregularidade, participantes do evento confirmaram a presença do parlamentar. A representação irá a julgamento no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN).

Último debate presidencial é marcado por trocas de acusações e pedidos de direito de resposta.

O último debate antes do primeiro turno, promovido pela Rede Globo, foi recheado de faíscas entre os candidatos à Presidência da República. As trocas de acusações geraram uma série de pedidos de direito de resposta.

O recurso é concedido aos postulantes que se sentiram ofendidos por falas dos adversários. Já no primeiro bloco da sabatina realizada nessa quinta-feira (29), Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tiveram uma sequência de embates em que os dois se acusaram de "mentirosos". O atual mandatário chamou o petista de "ex-presidiário" e "traidor da pátria". Lula revidou no mesmo tom, acusando Bolsonaro de propagar mentiras.

O ex-presidente também pediu direito de resposta quando o atual titular do Planalto o acusou de envolvimento na morte do ex-prefeito de Santo André (SP) Celso Daniel.

Outra dupla que protagonizou uma série de confrontos foi Soraya Thronicke (União Brasil) e Padre Kelmon (PTB). A candidata do União Brasil disse que o sacerdote é um "padre de festa junina" e "cabo eleitoral" de Bolsonaro.

Kelmon também teve um embate com o ex-presidente Lula, que o chamou de "impostor" e "safado". “Eu sou cristão, sou casado na igreja, batizado, crismado e frequentador de igreja. Mas eu não estou vendo na sua cara um representante da igreja. Estou vendo um impostor. Alguém disfarçado aqui na minha frente. Só não sei como conseguiu enganar tanta gente”, disse o petista.

Maratona: Caravana de Getúlio Rêgo e Leonardo Rêgo percorrerá cinco municípios nesta sexta (30); às vésperas da eleição pai e filho intensificam campanha no Alto Oeste.

Na contagem regressiva para as Eleições 2022, a "dobradinha" Getúlio Rêgo (PSDB) e Leonardo Rêgo (União), candidatos a deputado estadual e federal, respectivamente, tem carreatas e passeatas confirmadas em cinco municípios do Alto Oeste para esta sexta-feira (30).


A primeira parada da "Caravana RN mais Forte" acontece às 15h, em Doutor Severiano. Às 17h, a comitiva segue para São Francisco do Oeste, e às 17h30, tem encontro marcado com a população de Taboleiro Grande. O próximo destino será Riacho da Cruz, às 18h, seguido de Umarizal, às 19h.

Desde o último domingo (25), Getúlio Rêgo reuniu multidões em Pau dos Ferros, Martins, Serrinha dos Pintos, Olho D’água do Borges e Caraúbas. 
 
Nesta quinta-feira (29), o médico teve um bate-papo com a população de Umarizal, em entrevista para o Programa Evidências, comandado pelo radialista Agmar Dutra, na Rádio Fraternidade, 104,9 FM.

Durante a conversa, Getúlio criticou a lentidão do fluxo de cirurgias do Sistema de Regulação da Saúde do RN e expôs a sua preocupação com a saúde, em geral, do povo potiguar. Reforçou, ainda, a preocupação com a valorização dos professores e demais servidores públicos, dentre as principais bandeiras elencadas para a continuidade do seu trabalho na Assembleia, com a reeleição.

Candidato ao Senado, Rafael Motta, se envolve em grave acidente na BR-304, mas sai ileso: "Grato pela nossa vida".


O deputado federal e candidato ao senado, Rafael Motta, se envolveu em um grave acidente na BR-304 após o carro em que estava colidir em um animal, na noite desta quinta-feira (29). 

O acidente aconteceu próximo ao município de Assu, a aproximadamente 215 km de Natal, durante cumprimento de agenda eleitoral pelo interior do RN.

O parlamentar utilizou as redes sociais para tranquilizar amigos e correligionários e informar que está bem, mas o veículo ficou destruído. 

"Minha equipe está bem, assim como eu, mas a gente acabou de sofrer um acidente na BR-304, próximo a Assú. Animal na pista. Poderia ter sido grave. Felizmente fomos abençoados com esse livramento. A última agenda foi cancelada: Mossoró. Triste por isso, mas grato pela nossa vida", disse Rafael.

De acordo com a assessoria de Rafael Motta, o animal atingido foi um jumento, que não resistiu à colisão e morreu. O carro tinha cinco ocupantes: o deputado e mais quatro assessores. Ninguém se feriu.

A Polícia Rodoviária Federal informou que o acidente foi registrado por volta das 22h, ainda nos limites do município de Ipanguaçu, no km 119 da BR-304. O carro era um modelo Toyota Hilux.

Governo do RN não consegue coletes suficientes e Policiais Militares vão utilizar equipamento 'emprestado' por outros estados nas eleições.

O Governo do do Rio Grande do Norte não conseguiu em tempo equipamentos suficientes para os policiais militares e solicitou o empréstimos de coletes balísticos a outros estados, pelo fato de, atualmente, a corporação possuir o equipamento apenas na quantidade suficiente para a tropa que faz o policiamento comum.


O RN recebeu por empréstimo coletes balísticos de do Ceará, Prnambuco e Paraíba para auxiliar na segurança dos policiais nas eleições, a partir do sábado (1º)

Conforme informado pela PM em nota, o processo licitatório para compra de coletes balísticos foi realizado, mas que houve um recurso de uma empresa concorrente na Justiça e, por conta deste fato, os trâmites de aquisição dos equipamentos tiveram atraso de dois meses. O Estado conseguiu comprar apenas 300 coletes e aguarda a chegada de 2.035 novos coletes, que não têm uma previsão confirmada para a chegada, mas o Governo garante ser "em breve".

O Estado contará com mais de 8 mil PMs em atividade no dia da eleição no Rio Grande do Norte. o Estado. Segundo o Governo, o policiamento ordinário em serviço seguirá normalmente com os equipamentos da PM potiguar. Ainda não houve a confirmação sobre quantos coletes chegaram por empréstimo.

Deputado Getúlio Rêgo destinou mais de R$ 2,9 milhões para Pau dos Ferros, nos últimos anos.

A preocupação de Getúlio Rêgo (PSDB), em defender os interesses da população de Pau dos Ferros, sempre fez parte da rotina da Casa Legislativa.


Um levantamento sobre a atuação do parlamentar demonstra que, durante os exercícios de 2016 a 2022, o deputado com mais mandatos da história política do RN, destinou, por meio de emendas, mais de 2,9 milhões de reais do Orçamento Geral do Estado ao Município do Alto Oeste.

O trabalho de Getúlio na Assembleia foi pautado, principalmente, por incentivos financeiros nas áreas da saúde, educação, infraestrutura e segurança. Destaque para a aprovação do repasse de R$ 450 mil, com a reforma do Hospital Cleodon Carlos de Andrade, em 2016, destinação de R$400 mil para a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), além de obras de pavimentação e drenagem no Município, nos anos de 2019 e 2020.

Em 2022, o médico requereu à Casa Legislativa, ainda, um pedido de providências à Secretaria de Saúde do RN (Sesap), para a instalação de leitos de UTI Pediátrica, no Hospital Regional Dr. Cleodon Carlos de Andrade, com o intuito de beneficiar a população de mais de 40 (quarenta) municípios que convergem para Pau dos Ferros.

Reta final


Nesta sexta (30), Getúlio e Leonardo Rêgo cumprem agenda movimentada em cinco municípios do Oeste potiguar. A primeira parada acontece às 15h, em Doutor Severiano. Às 17h, a Dobradinha segue para São Francisco do Oeste e às 17h30, tem encontro marcado com a população de Taboleiro Grande. O próximo destino é Riacho da Cruz, às 18h, seguido de Umarizal, às 19h.

Senado Federal: Carlos Eduardo tem 29% e Rogério Marinho 26%, aponta pesquisa Brâmane/BG.

Pesquisa do Instituto Brâmane, contratada pelo Blog do BG, e divulgada nesta quinta-feira (29) traz os números da corrida eleitoral no Rio Grande do Norte faltando três dias para o pleito.


De acordo com a pesquisa, o candidato Carlos Eduardo (PDT) lidera com 29,7% das intenções de voto. Considerando apenas as intenções de votos válidos, ou seja, excluindo brancos e nulos, ele tem 43%. Não há segundo turno na disputa para o Senado.

Senado no RN – Estimulada

Carlos Eduardo (PDT): 29,7%
Rogério Marinho (PL): 26,1%
Rafael Motta (PSB): 11,15%
Dário Barbosa (PSTU): 0,45%
Freitas Júnior (PSOL): 0,25%
Geraldo Pinho (Podemos): 0,25%
Veterinária Shirlei Medeiros (DC): 0,2%
Pastor Silvestre (PMN): 0,2%
Marcelo Guerreiro (PRTB): 0,05%
Marcos do MLB (UP): 0,05%
Não sabe/não respondeu: 19,1%
Branco/nulo: 12,5%

A pesquisa entrevistou 2 mil pessoas entre os dias 26 e 28 de setembro. A margem de erro é de 2,19 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. Os registros na Justiça Eleitoral são os seguintes: RN-06629/2022 e BR-08353/2022.

Brâmane/BG: Fátima tem 45%; Styvenson, 17%; e Fábio Dantas, 13%, a três dias do primeiro turno. Considerando apenas os votos válidos Governadora tem 57% e poderá ser reeleita no domingo.

Pesquisa do Instituto Brâmane, contratada pelo Blog do BG, e divulgada nesta quinta-feira (29) traz os números da corrida eleitoral no Rio Grande do Norte faltando três dias para o pleito.

De acordo com a pesquisa, a governadora e candidata à reeleição Fátima Bezerra (PT) lidera com 45,95% das intenções de voto. Considerando apenas as intenções de votos válidos, ou seja, excluindo brancos e nulos, ela tem 57%, o que indica vitória em primeiro turno.

Governo do RN – Estimulada – 1º turno 

Fátima Bezerra (PT): 45,95%
Capitão Styvenson (Podemos): 17,6%
Fábio Dantas (Solidariedade): 13%
Clorisa Linhares (PMB): 0,85%
Rosália Fernandes (PSTU): 0,2%
Bento (PRTB): 0,2%
Danniel Morais (PSOL): 0,1%
Nazareno Neris (PMN): 0,1%
Rodrigo Vieira (DC): 0,1%
Não votaria em nenhum: 0,9%
Votaria em qualquer um: 0,75%
Não sabe/não respondeu: 13,8%
Branco/nulo: 6,45%

A pesquisa entrevistou 2 mil pessoas entre os dias 26 e 28 de setembro. A margem de erro é de 2,19 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. Os registros na Justiça Eleitoral são os seguintes: RN-06629/2022 e BR-08353/2022.